Aurora

Ver a Aurora Boreal na Islândia pode se tornar uma tarefa um pouco complicada, principalmente devido ao tempo fechado e a imprevisibilidade das tempestades geomagnéticas. Contudo existem alguns passos a serem seguidos afim de aumentar as chances de vê-la ao visitar o ártico.

1. Época do ano

Normalmente as maiores incidências de aurora ocorrem em média quinze dias antes e quinze dias depois dos equinócios de primavera e outono. Algo por volta da segunda metade dos  meses de março e setembro respectivamente. Então, programar a viagem com um intervalo próximo a essas datas vai aumentar bastante as chances de ver a aurora. No meu caso o equinócio de outono tinha ocorrido cerca de uma semana antes da minha chegada a ilha, aliando-se a previsão de céu sem nuvens.

2. Tempo de estadia

Como o clima na Islândia é sempre imprevisível, é bom planejar a viagem com uma margem de alguns dias para aumentar a chance de estar na ilha com céu aberto. Olhe sempre a previsão do tempo em várias partes da ilha durante o dia, para que seja possível se deslocar para outras cidades com maior probabilidade de não ter nuvens.

Na minha viagem planejei um itinerário de 7 dias e esperava poder ver a aurora ao menos uma noite. E para iniciar a viagem com um toque legal, cerca de duas horas depois de deixar o ponto de partida da minha viagem (Estados Unidos), comecei a ver as luzes do norte pela janela do avião e elas duraram por quase toda a viagem.

Aurora Boreal

 

3. Fique atento aos indicadores e alertas de atividade geomagnética

Antes e durante a minha viagem estive sempre conferindo os índices de atividade geomagnética pelo meu celular. O aplicativo que utilizei foi o My Aurora Forecast disponível para iOSAndroid. Nele sempre que o local que eu havia marcado tivesse previsão de aumento do índice KP, eu era alertado.

app1 app3

O app me ajudou bastante principalmente pelo percentual de chance de visualizar a aurora que ele exibia. Normalmente algo em torno de KP 6.0 já era mais que suficiente para conseguir ver as luzes no céu.

4.Por fim, tenha em mente o objetivo da sua viagem

Se você planejar um período de 7 dias como eu planejei e seu objetivo for caçar aurora, as suas chances de vê-la são muito altas. Mas lembre-se de se manter no objetivo de sair todas as noites para caçar.

Conheci pessoas na viagem que permaneceram mais tempo que eu na ilha, mas não conseguiram ver a aurora, pois o objetivo principal delas não era esse. Nas noites de atividade geomagnética elas estavam em locais com tempo fechado, coisa que poderia ser resolvida com um pouco de planejamento.

Na viagem que fiz tive muita sorte de poder ver a aurora por 4 noites, principalmente pelo fato de ter céu limpo. Vi a aurora de dentro do avião e pude também vê-la de dentro da cidade pois as prefeituras de onde eu estava (Hafnafjordur) e da capital Reykjavik desligaram as luzes públicas das cidades entre as 22:00hs e 23:00hs para observação do fenômeno.

Aurora

aurora

Aurora

Depois das noites com céu aberto e clima ótimo para observar a aurora, o tempo realmente fechou e ficou bem complicado até mesmo para sair de carro. Rajadas de vento ultrapassando 70 km/h me acompanharam de volta ao aeroporto no último dia, com chuva, muita chuva.

Caçar aurora pode ser algo bem complicado, mas seguindo esses passos as chances são muito boas. Planeje sua viagem com uma janela de tempo boa e tenha paciência, as luzes do norte aparecerão.

Share Button